Esqueci minha senha

Notícias

Voltar
Homepage Notícias
Por: GIAN FRANCO SALAMONI
02/122018 21:15

ANEAC realizada reunião com associados em São José do Rio Preto/SP

Mais uma reunião, dentro da programação de encontros regionais, foi realizada em 20/11/2018, desta vez em São José do Rio Preto-SP. Compareceram ao encontro colegas da carreira de engenharia e arquitetura lotados nas unidades GIGOV e GIHAB.

Iniciando o encontro foi feita uma avaliação sobre as perspectivas da Caixa, de modo geral, e das nossas atividades de arquitetura e engenharia, de modo particular, diante do novo quadro político-administrativo, com base em informações internas e no noticiário cotidiano. Nesta oportunidade informamos às atividades que a ANEAC vem participando e as nossas preocupações quanto ao assunto.

Também foi discutido o papel da área técnica, bastante prejudicado em função de a empresa dar mais importância ao chamado negócio, não levando em conta o potencial técnico disponível no seu corpo de arquitetura e engenharia, principalmente na ótica de agente de fomento ao desenvolvimento urbano. Inclusive no assessoramento técnico externo, poderia gerar novos negócios com estas atividades e, consequentemente, também com produtos bancários.

Também foi tratada a necessidade de desmistificar a ideia de que o corpo técnico “atrapalha” quando na realidade nós tempos influência significativa no resultado financeiro e social da empresa, de forma alinhada com a estratégia de sua atuação. Foi colocada como sugestões: que temos que divulgar mais a nossa atuação, tanto interna quanto externamente, e de modo especial para o cidadão comum; procurarmos atuar em parceria técnica com outros órgãos e entidades.

A questão da capacidade operacional em nossa área foi entendida como aquém das nossas necessidades, e com poucas perspectivas de mudança em face da política de enxugamento em vigência.

Abordamos as questões de possíveis fatiamentos e privatizações de atividades dentro Caixa e processos de terceirização, de modo especial em nossas atividades, e o que a ANEAC vem acompanhando.

Os colegas abordaram a falta de racionalização quanto ao uso de dados e informações disponíveis nos diversos sistemas implantados na empresa, que poderiam estar sendo utilizados de forma mais ampla e útil entre nós profissionais. Complementaram indicando que o corpo técnico de arquitetura e engenharia possuí capacidade para ampliação e proposição de novos produtos para a empresa.    

Relatamos a participação da ANEAC no processo de negociação do Acordo Coletivo neste ano e as perspectivas de continuidade das nossas pautas específicas através da mesa permanente de negociação.

Encerrando a reunião, lembramos a finalidade destes encontros regionais de trocarmos informações, mas principalmente retomarmos o espírito associativo entre nós profissionais de arquitetura e engenharia.